Você sabia?

Auguste de Sainte-Hillaire, no ano de 1850. Imagem de domínio público

A erva-mate é uma espécie da família botânica Aquifoliaceae. Ela foi descrita e classificada cientificamente pelo botânico francês Auguste de Saint-Hilaire, no ano de 1822. Foi ele quem batizou a planta com o seu nome científico: Ilex paraguariensis St. Hillaire em referência à abundância desta espécie que registrou em uma viagem realizada ao território do Paraguai.


Naturalmente, a erva-mate se desenvolve em estágios mais avançados da Floresta de Araucária, instalando-se quando já existe sombra para seu crescimento.


Os frutos da erva-mate são muito apreciados pelas aves em geral, fazendo dela uma importante fonte de alimento para a fauna nativa, que também contribui para a dispersão da espécie na paisagem.

Os ervais nativos ocorre na maior parte dos solos da região de ocorrência natural da Floresta com Araucária. O cultivo da erva, entretanto, pode ser limitado pelo acúmulo natural de água no solo.














Para fazer referência a esta página, por favor cite: CEDERVA. Curiosidades e fatos sobre a erva-mate. Curitiba, 2017. Disponível em: http://www.cederva.com/curiosidades.html